Jarbas Ribeiro, Carlos Salvini e o caminhão Mercedes que venceu o Rally dos Sertões 2003, na trilha do Pinheirinho, em Itaipava. O veículo é equipado com computador de bordo, GPS, bancos aprovados pela Federação Internacional de Automobilismo e cinto de segurança de cinco pontas, assim como nos carros de F1.


Fotos: Henrique Magro


Especial

Acelera que aí vem lama

    Vida de off roader é de tirar o fôlego. Manobras radicais em trilhas íngremes e estreitas, solavancos e lama são a rotina dos trilheiros, gente que vive em busca de novas aventuras com muita adrenalina, em seus veículos 4x4. Aliás, adrenalina é o que não falta para quem pratica tal esporte. Que o digam os membros do Jeep Club de Petrópolis. Em encontros domingueiros, esses aficionados por jipes e afins percorrem os mais variados caminhos sem poupar seus “brinquedos” de buracos, pedras, troncos e barrancos. A idéia é uma só: enfrentar dificuldades e desafios com bom humor e espírito de solidariedade.
    Formalizado como entidade esportiva sem fins lucrativos em 2001, porém informalmente na ativa há dez anos, o Jeep Club de Petrópolis tem hoje 40 membros. Desse total, cerca de 15 associados participam efetivamente de passeios e de competições. “Todo domingo percorremos as mais diversas trilhas de Petrópolis. O ponto de encontro é na Casa do Alemão de Itaipava, às 10 horas. Quem tem jipe e quiser nos acompanhar basta aparecer por lá”, antecipa o convite o economista Jarbas Ribeiro, presidente da entidade.
    Proprietário de um JPX equipado para competições (motor de 140 cavalos, medidores de água, óleo e temperatura e barras de segurança internas, entre outros itens), Jarbas é um dos que batem ponto nos encontros com a alegria e o prazer de um garoto apaixonado por carros. Sempre que pode, participa de provas por todo o País. “Mas é um esporte caro. Cada competição da qual participo requer investimentos no veículo”, explica.
    O empresário petropolitano Carlos Salvini, vencedor do Rally dos Sertões e da Copa Baja em 2003, compartilha com os colegas a mesma disposição e espírito de aventura. Competidor de provas na categoria off road, em motos, jipes e caminhões, Salvini não abre mão do prazer de percorrer as trilhas de Itaipava, Pedro do Rio, Secretário e Petrópolis. Elas oferecem variados graus de dificuldade, ideais para raids (provas de regularidade, não de velocidade, como o rally) e enduros (competições em moto). “Este ano, pretendo participar do Rally dos Sertões e da Copa Mitsubishi Rio”, adianta Salvini.
    Mas nem só de trilhas e de competições vivem os associados. Preocupados com o apoio a trabalhos sociais, atuam em campanhas contra a Aids ou em distribuição de brinquedos em comunidades carentes durante o Natal. Voltados a ações de proteção ao meio ambiente, contribuem regularmente com o IBAMA e o governo municipal no controle do desmatamento e de ações predatórias contra o ecossistema local. “Fazemos muitas denúncias, sempre que percebemos desmatamentos irregulares nas áreas das trilhas”, conta Jarbas.
    Para conhecer o Jeep Club de Petrópolis, acesse o site: www.jeepclubdepetropolis.com.br. Se você tem um 4x4 e quer passear com esses jipeiros, é só comparecer ao ponto de encontro do grupo aos domingos, às 10h, na Casa do Alemão de Itaipava, e dali partir para mil e uma aventuras.














Estações de Itaipava © Todos os direitos reservados