Foto: Ézio Philot

A coroa é uma das peças que integra a coleção da Ewiglich inspirada na Cidade Imperial.

Fotos: divulgação

Jantar realizado em clima de nobreza na Pousada Paraíso.

Fotos: divulgação

A pousada Tambo los Incas oferece cavalgadas noturnas pelo Vale do Cuiabá.

Fotos: divulgação

Figurinos de época em um cenário real: o Museu Imperial organiza saraus que transportam os visitantes pelo tempo.

Foto: Waldyr Neto

A caminhada pela Serra dos Órgãos, paisagem que conquistou a família imperial, está no pacote oferecido pela pousada Paraíso Açu.




Negócios nas alturas

Viagem através dos sentidos



     Em março deste ano, um grupo seleto de Petrópolis foi à cidade de Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul, em uma missão muito especial. Ali foi dada a largada para um dos mais bem elaborados projetos turísticos já implantados na Serra Fluminense e os empresários do setor foram receber os certificados que atestam sua capacidade de emocionar, satisfazer, inspirar e surpreender o turista.
     Os integrantes da Rota Petrópolis Imperial, que faz parte do projeto Tour da Experiência, desenvolvido pelo Ministério do Turismo em parceria com o Sebrae e o Instituto Marca Brasil, começam agora a colocar em prática o projeto que tem como principal objetivo proporcionar experiências turísticas memoráveis.
     A idéia nasceu do conceito “economia da experiência”, que preconiza, desde o final dos anos 90, uma forma de relacionamento entre empresas e consumidores em que o fator emocional é a peça-chave. Para o turismo, setor fundamental de Petrópolis, a tradução é: deixar de apenas contar a história de um lugar para oferecer aos visitantes uma vivência concreta dela.      Funciona assim: pontos turísticos, pousadas, restaurantes e afins criam programas extras para oferecer experiências representativas do tema central escolhido. Aqui, como não poderia ser diferente, o cerne é o Império. Dentro deste universo, depois da realização de pesquisa que resultou na descoberta de várias curiosidades acerca da família real, cada uma das empresas participantes desenvolveu uma atração relacionada aos costumes e preferências da Corte.
     “O apelo da rota é o fato de D. Pedro ter elegido Petrópolis como Cidade Imperial. Então, todos os participantes, estejam eles no Centro ou localizados nos distritos, naturalmente fazem parte desse conceito geral. O estudo histórico que fizemos foi o que forneceu elementos para a criação dos produtos que hoje integram o projeto”, afirma Rafael Leonardo, consultor do Sebrae.
     Além de Petrópolis, participam do Tour da Experiência outros quatro destinos brasileiros: Costa do Descobrimento (BA), Belém (PA), Bonito (MS) e Região da Uva e do Vinho (RS). Aqui, são 14 empreendedores, que incluem duas agências de turismo receptivo, com produtos certificados. A representante do Comitê Gestor de Petrópolis, responsável pela coordenação local e proprietária da Pousada Paraíso, Vanda Ferraz Lopes de Oliveira, tem grandes expectativas em relação ao futuro do setor.
     “Fiquei muito impressionada com a repercussão do encontro e com as possibilidades do aumento do turismo para a nossa região. Petrópolis é vista pelo resto do Brasil como uma cidade linda, com uma história riquíssima e uma natureza exuberante. Gostaríamos que todos os petropolitanos se empolgassem com este projeto, procurando saber mais sobre ele e ajudando a divulgar cada vez melhor a nossa cidade. Afinal, a indústria do turismo interfere em quase todos os setores da sociedade”, conclama.
     Para Célia D’Azevêdo, da Ewiglich Jóias, outra empresa que participa da Rota Imperial, a chancela do Ministério do Turismo é um elemento fundamental para o êxito da empreitada. “Eu amo essa cidade e quero que ela cresça muito. Tenho certeza de que, se tivermos governantes focados em seu desenvolvimento turístico, com um olhar carinhoso para o trabalho que desenvolvemos aqui, ninguém nos segura”, prevê a empresária.
     Conheça os empreendedores e os produtos, já disponíveis, criados ou adaptados para levar os visitantes da Cidade Imperial a uma viagem no tempo através dos sentidos.

Museu Imperial: Um sarau Imperial - O evento, com música e poesia do Brasil Império, transporta o público à vivência de fatos costumeiros da época.
Casa da Ipiranga: Lembranças da Velhota Cambalhota - Com a participação da atriz petropolitana Rose Assis, são relembradas histórias contadas à personagem mineira pela Sra. Mimi, neta dos Condes de Lages, que trabalharam para o Império.
Serenata Imperial: seresteiros apresentam seu repertório de canções populares brasileiras em números especiais, organizados em pontos turísticos e também na Noite dos Sonhos, na Pousada Paraíso.
Ewiglich Jóias: Um brinde à jóia Imperial - Os momentos vividos na cidade são eternizados pelas peças em ouro 18k inspiradas nos pontos turísticos de Petrópolis e ainda em elementos do Império, como a coroa. Os visitantes da loja são também convidados a provar o licor de grumixama, especialidade apreciada por D. Pedro II.
Pousada da Alcobaça: Chá da Princesa - Chá com biscoitos, bolos, sucos e outros alimentos apreciados pelos membros do Império, confeccionados com produtos da região. Pousada Paraíso: Paraíso do Imperador - A pousada oferece a possibilidade de plantio de mudas em área de mata atlântica e um jantar realizado em atmosfera de nobreza.
Pousada Paraíso Açu: Os encantos e sensações da Serra Imperial - após caminhada no Parque Nacional da Serra dos Órgãos, os turistas experimentam um relaxante escalda-pés embalado por trilha sonora de Vila Lobos; em seguida, um almoço que homenageia a culinária negra da época do Império.
Solar Fazenda do Cedro: Observatório Imperial – A atividade propõe a observação das estrelas, da mesma forma como D. Pedro fazia em suas viagens, seguida por um jantar inspirado no Império.
Tambo los Incas: Cavalgadas ao Luar – Através de cavalgadas noturnas, nos períodos de lua cheia e crescente, visitantes revivem o hábito da família imperial em suas temporadas de veraneio na região.
Restaurante Nas Nuvens: Vôo encantado: um sonho de menino - Em diferentes edições do evento, são contados episódios da vida de Santos Dumont e servidos pratos inspirados nas preferências sofisticadas do inventor.
Restaurante Tai Tai: Da Indochina a Petrópolis – Um menu temático revela a influência mútua das culturas chinesa e portuguesa desde a época das navegações. Trutas do Firmeza: Menu degustação Truta Imperial – A preferência pelos peixes nas refeições da Corte inspiram o cardápio baseado na gastronomia da época.

Para saber mais sobre o roteiro, consulte as agências certificadas pelo projeto:
Imperial Tour:
(24) 2231-1558 / 8114-9675 / 7836-3473
www.imperialtour.com.br
receptivo@impertialtour.com.br
Ziontur Turismo:
(24) 2245-2926 / 7834-2685
www.ziontur.com
ziountur@ziontur.com

Voltar Próxima matéria


Estações de Itaipava © Todos os direitos reservados