A nutricionista estética Patrícia Baldez dá consultas no estúdio Corpo e Mente, em Itaipava, duas vezes por semana.

Arma contra a celulite: o suco que ajuda no combate ao problema que afeta a maioria das mulheres deve ser ingerido diariamente, pela manhã.




        Fotos: Henrique Magro

Saúde e bem-estar

Nutrição estética

Fonte de beleza em sua mesa

     Não é novidade para ninguém que uma alimentação adequada e equilibrada faz toda a diferença para a saúde. A boa nova é que o consumo de alimentos funcionais, com orientação de nutricionistas, pode tam­bém trazer inúmeros benefícios para a aparência da pele, unhas e cabelos. E melhor ainda: acaba de che­gar a Itaipava o método que promete contribuir para que esse tão sonhado objetivo se torne realidade.
     A nutrição estética - conceito desenvolvido por pro­fissionais da nutrição do Rio Grande do Sul, que iniciaram as pesquisas na área em 1999 - chega por aqui através de Patrícia dos Santos Marques Baldez, nutricionista que dá expediente duas vezes por semana no Estúdio Corpo e Mente. É ela quem explica o conceito e suas aplicações.
     “O objetivo é melhorar a aparência física e a saúde dos indivíduos, tratando ou amenizando o envelhecimento cutâneo, a acne, o excesso de peso, a celulite, a flacidez e ainda fortalecer unhas e cabelos, através de uma alimentação específica, focada em alimentos e ingredientes funcionais.”
     Através da prescrição de dieta individualizada, desenvolvida, principalmente, a partir de uma anamnese detalhada, a nutrição estética promete potencializar e viabilizar os tratamentos e procedimentos estéticos, agindo como coadjuvante e promovendo a adequação do estado nutricional. Para tanto, são necessárias consultas de avaliação e acompanhamento.
     Na prática, o conceito é empregado pela especialista da seguinte forma: em uma primeira consulta, com cerca de uma hora e meia de duração, Patrícia realiza medições para verificar o peso e o percentual de gordura do paciente e reúne o máximo de informações sobre seus hábitos cotidianos, histórico de saúde, consumo de alimentos e medicamentos, prática de atividades físicas e ainda acerca de tratamentos estéticos que realiza. De posse desses dados, e sempre de acordo com os perfis e objetivos individuais, elabora cardápios específicos para as refeições diárias, indicando as frequências ideais para sua realização.
     As orientações incluem ainda receitas que detalham as melhores formas de preparação dos pratos indicados. E essas dicas não são meramente ilustrativas: “as técnicas de cocção são importantes para que nutrientes importantes não se percam durante a preparação dos alimentos”, adverte a nutricionista.
     “Esse primeiro passo objetiva o reequilíbrio, pela hidratação e nutrição das células. Só depois de atingido o equilíbrio é que podemos lançar mão de suplementos nutricionais que vão agir em determinados pontos”, explica Patrícia. O programa de reeducação alimentar, de acordo com a especialista, deve ser realizado de forma gradativa para que os resultados sejam eficazes e duradouros. “É necessário que essa mudança seja gradativa para que o corpo e a mente consigam se adaptar, se reorganizar e assimilar novos conceitos”, afirma.
     A cada nova consulta – geralmente as sessões com a nutricionista acontecem mensalmente – são introduzidos diferentes elementos no programa. Nesta etapa é que são indicados os alimentos capazes de contribuir para o êxito de tratamentos estéticos e mesmo preparar o organismo para recebê-los. As dietas visam a diferentes ações, como, entre muitas outras, as desintoxicantes ou antiinflamatórias. “Para quem realiza drenagens linfáticas, por exemplo, a interferência pode ser quanto às quantidades e tipos ideais de carboidratos para a ingestão”, relaciona Patrícia.
     Para cada tratamento estético existem dietas que combinam alimentos e suplementos nutricionais capazes de promover uma ação potencializadora e, consequentemente, resultados mais visíveis. Mas para que a eficácia seja alcançada é imprescindível que o nutricionista estético avalie as carências ou excessos de nutrientes no organismo daqueles que irão se submeter aos procedimentos. Entretanto, algumas práticas simples podem ser adotadas por todos em prol da saúde e da beleza.
     Um bom exemplo é a ingestão diária, pela manhã, de um suco formulado por Patrícia que combina 1/2 beterraba cozida sem sal, 1 colher de sopa de salsinha, 1 colher de sopa de couve picada, 1/2 maçã e 150ml de água, batidos no liquidificador. “Além de energético, o suco é diurético, auxilia no trânsito intestinal e na circulação; por ser rico em beta caroteno, elemento benéfico para a pele, é um bom aliado no combate à celulite”, explica a nutricionista. As mulheres agradecem pela dica!

Corpo e Mente Estúdio de Pilates e Fisioterapia Estética:
Estrada União e Indústria, 11.775/sobreloja 2
Green Shopping
(24) 2222-3983


Voltar


Estações de Itaipava © Todos os direitos reservados