O lombinho de porco assado na laranja, servido com molho de ameixas e escoltado por batatas gratinadas no alecrim e arroz maluco, é uma das opções do cardápio variável da casa

A nova casa, instalada bem em frente ao Shopping Estação, tem dois objetivos primordiais: servir comida de qualidade com preços acessíveis e reunir amigos

Além da ideia de abrir o bistrô, Manuela e Andrea trouxeram de Paris todos os elementos decorativos e utensílios usados no Sr. Tacho


Fotos: Henrique Magro

Ao sabor da estação

Uma senhora novidade



     Acaba de abrir as portas o Sr.Tacho - um simpático bistrô de influência francesa na concepção e decoração, com inspiração culinária na alegria de viver. Explicando melhor: não se trata de um novo movimento gastronômico e sim de uma forma de definir uma cozinha que não tem o compromisso de dirigir seu foco a este ou aquele tipo de comida de acordo com regiões específicas, mas sim a aspectos bem menos tangíveis e bem mais reconfortantes quando se trata de oferecer uma boa refeição: ter um grande prazer em prepará-la.
     “A gente faz tudo com muita felicidade, com a equipe toda em prefeita sintonia. A comida, entre todas as coisas, é a que mais absorve energia. O sabor dela, e mesmo todos os efeitos que pode causar em alguém, está diretamente ligado ao estado de espírito de quem a confeccionou. Em nossa cozinha só entra quem está feliz por estar ali”, afirma Andrea Rosa, chef responsável e sócia de Manuela Carreira no restaurante.
     Depois de devidamente explicada a filosofia, vamos ao cerne da questão: o cardápio. Variedade é a melhor definição para ele. Não no que diz respeito ao número de pratos disponíveis a cada consulta, mas à variação em termos de estilo culinário e renovações periódicas dos pratos servidos. Da “Dobradinha à moda do Porto” (com feijão branco) ao “Bobó de Camarão” (algo que dispensa maiores explicações), tem “de um tudo”. Pratos com pegada italiana, cubana, brasileiríssima (o bobó e o frango com quiabo que costumam freqüentar o menu não me deixam mentir) e, claro, francesa (as quiches e tarteletes, da seção de salgadinhos, dão o tom bleu-blanc-rouge), são constantes por lá. Já a seção “Levando para Casa” oferece quiches e massas em tamanho maior para quem preferir degustá-las no aconchego do próprio lar.
     Além de pratos fixos (opções de massas e carnes), os comensais têm à disposição duas sugestões variáveis de terça à sexta; e três aos sábados e domingos. Fixas são também as ofertas de salgadinhos e doces (estes preparados por Manuela), mas que mantém também o ecletismo quanto às origens: torta holandesa e toucinho do céu (inigualável torta portuguesa à base de gemas de ovos e amêndoas, típica do país de origem das famílias das duas sócias) convivem com brigadeiros e tortas de coco, quitutes indiscutivelmente brasucas.
     Brasileiríssimos são também os queijos, geléias, doces e outras iguarias produzidas no Sítio Jacareirão, em Alberto Torres (Paraíba do Sul-RJ), onde está instalada a cozinha industrial que abastece o Sr. Tacho e lugar em que as sócias vieram aportar quando decidiram sair do Rio de Janeiro.
     A ideia do restaurante surgiu em um momento de guinada na vida profissional de Manuela e Andrea, a chef responsável pela “cozinha feliz”, que resolveram, de estalo, abandonar suas carreiras já consolidadas na área da moda – mais especificamente, e respectivamente, no segmento de design de sapatos e de jóias – em busca da qualidade de vida. Em uma visita a Paris, o insight compartilhado: abrir, na forma despretensiosa que um empreendimento deste tipo merece, um bistrô em Itaipava.
     Dito e feito: desde o dia 1º de março deste ano, ganhamos mais uma opção para o almoço e que foge das fórmulas “servir, pesar, comer e despender valores razoáveis” e “sentar, pedir, esperar, comer, despender valores não tão razoáveis assim”. Nada contra qualquer dos dois sistemas, mas quem costuma almoçar na rua todos os dias já vinha merecendo uma alternativa como esta por aqui. E o mais bacana é que o público-alvo da casa, que prepara as refeições com ingredientes cultivados no sítio, é formado por apreciadores das duas modalidades.
     “Nossa proposta é fazer uma comida de qualidade, com preços totalmente adaptados à realidade. Queremos não só ter um espaço para reunir os amigos que fizemos ao longo dos anos, inclusive através da loja do Rio (a Manuela Carreira Calçados teve uma bem sucedida carreira de 14 anos em Ipanema), mas fazer novos amigos”, comenta Manuela.

Sr. Tacho:
Estr. União e Indústria, 10.675
Tel.: (24) 2222-7161
Facebook: Sr. Tacho
Funcionamento: terça a domingo, para almoço

Voltar Próxima matéria


Estações de Itaipava © Todos os direitos reservados