O waffle de chocolate, servido com sorvete e calda, é uma das especialidades da casa; mas o quitute confeccionado com a massa tradicional, e acompanhado pela cobertura desejada pelo cliente, também está à disposição dos glutões de plantão



O ambiente intimista e agradável contribui para o clima de “lanche feliz”

Empadas com recheios pouco usuais, como os de champignon e camarão ao vinho branco, folhados variados e pães de queijo, com ou sem recheio, são alguns dos salgados oferecidos pelo Empório Loreto

Tortas e docinhos variados também integram o cardápio do Empório Loreto

Outro forte da casa são as quiches; na versão tradicional “Quiche Lorrayne” e ainda com outros recheios

O café da marca Nespresso foi escolhido para integrar a seleção de ingredientes selecionados servidos na casa, depois de pesquisas informais quanto às preferências do consumidor brasileiro, realizadas em várias partes do país por Maria Teresa


Fotos: Henrique Magro

Ao sabor da estação

Empório Loreto



     Quem não gosta de um belo lanche para encerrar um programa vespertino ou noturno? E, entre os apreciadores dessas frugais e reconfortantes refeições, quantos são os que não apreciam os acepipes preparados por quem realmente entende do riscado e os confecciona com o esmero que os distingue daqueles encontrados nos “fast-foods” espalhados pelas esquinas da vida? Equação de fácil resolução: poucos, muito poucos.
     Muito embora a sofisticação não seja algo ao alcance das maiorias, o Empório Loreto – inaugurado em Itaipava, no Arcádia Mall, no último dia 3 de março – se empenha em agradar a gregos e troianos: produz sutilezas em forma de lanches delicados, capazes de encantar os mais refinados paladares, ao mesmo tempo em que se encarrega de fornecer refeições completas a trabalhadores do comércio das vizinhanças, carentes de um ser­vi­ço completo (prato principal, sobremesa e be­bida) para o almoço, com uma relação custo-benefício favorável.
     A proprietária Marianna Loreto Fernandes, chef formada no curso de gastronomia da Faculdade Estácio de Sá, no Rio de Janeiro, e que passa pelo oitavo mês de gestação de seu segundo filho, resume o espírito da coisa. “O que procuramos é encantar a todos, com opções variadas e feitas, na medida do possível, sob medida. O cardápio é móvel, de acordo com os ingredientes mais frescos que encontro no mercado, onde faço incursões diárias, e com atenção às preferências dos clientes; mas o fundamental é satisfazer ‘aos desejos de grávida’ de todos que chegam aqui”.
     Ela investe no conceito artesanal dos lanches e das refeições para almoço, também servidas in loco, com o título de “prato executivo”, e as massas são o carro-chefe da brasserie, como a jovem chef define casa. “O macarrão ou a base da quiche, por exemplo, nunca têm a mesma espessura ou aparência porque são feitos artesanalmente”, diz.
     Um dos projetos futuros é a happy hour, mas, desde a inauguração, a casa funciona de terça a domingo, das 9h até o último cliente. Realmente uma proposta diferenciada na região e que tem tudo para agradar quem procura comidinhas rápidas para saborear à tarde ou em uma “esticadinha” para repor as energias à noite.
     Outra característica bacana do lugar é o privilégio concedido a fornecedores locais; não só em elementos concernentes à culinária – as geleias e outros ingredientes que entram nas receitas da chef são provenientes do Sítio Humaytá e de outros tradicionais produtores da região – mas também aos utensílios de serviço. As louças são, em sua totalidade, da Cerâmica Luiz Salvador e a ambientação foi toda planejada de forma a ser “a cara de Itaipava”, de acordo com a definição de Maria Teresa Loreto Scassa, mãe de Marianna, administradora e sócia do negócio.
     “Nós moramos aqui já há alguns anos e, embora Itaipava seja efetivamente reconhecida como um centro gastronômico, sentíamos uma lacuna no setor de lanches finos. Então, para unir o útil ao agradável, já que Marianna tem a formação necessária, resolvemos investir em um negócio do setor de gastronomia que refletisse a atmosfera do lugar. Temos que mostrar, por meio da propagação da qualidade de produtos e serviços locais, que podemos não só fazer, mas fazer bem feito ”, enfatiza Maria Teresa. E todos os que adotamos Itaipava como lar, corroboramos a afirmativa e celebramos o investimento que chega com a nobre filosofia!

Empório Loreto:
Estrada União e Indústria, 10.126 – Arcádia Mall / Lj 06 Itaipava
(24) 2222-6202


Voltar Próxima matéria


Estações de Itaipava © Todos os direitos reservados