O Confesso começou como delivery de pizzas e hoje tem um cardápio sortido, que inclui peças de resistência e outras pedidas


O ambiente informal aposta na simplicidade sem perder o charme

Entrada que faz grande sucesso entre os clientes, a Burrata é servida com focaccia e molho pesto feito na casa


O couvert completo também inclui itens de produção local, como os pães de beterraba, abóbora e ervas, além de molhos e conservas feitos na casa


Número um entre as especialidades do chef Pedro Osório, o camarão brilha também no molho do Tagliatelli, confeccionado com tomates frescos, em um prato enriquecido ainda por lascas de Grana Padano de encontro de amigos, a Sinhá Farinha tem sempre mesas animadas na hora do almoço


Uma das sobremesas mais pedidas é o morango flambado acompanhado por sorvete de creme; nada mal para fechar uma boa refeição


Fotos: Henrique Magro

Ao sabor da estação

Confesso

Uma casa que cresceu e apareceu

     Para transformar um pequeno negócio - que começou como delivery de pizzas, passou a servir as redondinhas in loco e chegou ao porte atual, com oferta de grande diversidade de pratos e noites especiais com música ao vivo – os sócios, Guilherme Rabello, Marcelo e Lu Mendonça, precisaram de um período bem pequeno. O tempo foi curto e as mudanças grandes, mas a impressão causada é de que o DNA sempre foi o de um restaurante.
     Hoje, com a administração de Guilherme e o comando da cozinha a cargo do chef Pedro Osório, o Confesso se coloca na posição de um dos locais mais agradáveis para se fazer refeições completas, fartas e saborosas no almoço ou jantar. Do cardápio há bastante o que se destacar, a começar pelo Couvert Completo (pães artesanais, presunto Parma, pepperoni artesanal, pesto de manjericão, palmito fresco, tomate seco, caponata e queijo Grana Padano em lascas).
     Entre os principais, sessões específicas para massas, trutas, camarões, filé de frango, filé mignon, veganos e executivos. Nesse departamento, as grandes especialidades do chef são o Filé ao Molho de Cogumelos (molho de shiitake e acompanhado por arroz piemontese e batatas fritas) e o Bobó de Camarão (escoltado por arroz branco e farofa crocante de dendê). Mas também merecem menções: o Tagliatelle (com molho a escolher: bolonhesa, quatro queijos ou pesto) e Ratatouillie Vegano (com abobrinha, berinjela, palmito, champignon e um toque de passas brancas).
     Com algumas poucas exceções, como as opções de executivo (picadinho ou filé de frango acompanhado por arroz, feijão e batata frita), os pratos são dimensionados para duas pessoas (sem que os valores sejam superdimensionados por conta disso); mas, como o fair play está entre as especialidades da casa, podem também vir à mesa em meia porção. O jogo de cintura – aliado à qualidade do que é ofertado no cardápio, à simpatia dos sócios e equipe e o Pop-Rock ao vivo que rola quinzenalmente às quintas e todos os sábados a partir das 21h30, com rodízio de artistas – acabou fazendo do lugar um point para comemorações de aniversários e outras celebrações.
     As cervejas artesanais e a sortida carta de vinhos são a pedida certa para acompanhar os petiscos sempre presentes à mesa nessas ocasiões. E as opções não são poucas, somam mais de 30. Entre elas, Guilherme recomenda fortemente as asinhas de frango desossadas e recheadas (com bacon ou provolone) e servidas com molhos da casa e ainda os pastéis com recheios pra lá de originais, como os de truta defumada com Catupiry e de conserva de cogumelos ao vinho.
     As pizzas, claro, continuam como uma das principais atrações: a cocção é em forno elétrico de última geração, que garante a mesma qualidade do produto assado em forno à lenha; os insumos, de primeira qualidade; e as combinações de cobertura, criativas. Quem se acostumou a degustá-las em casa, não precisa se preocupar: o delivery que deu início a tudo continua firme e forte.

Confesso:
Estrada União e Indústria, 12656 - Itaipava
(24) 2222.3861
web.facebook.com/pages/Confesso-Pizzabar



Voltar Início


Estações de Itaipava © Todos os direitos reservados