Saúde & bem-estar

Escolhas criam histórias

Por Maria Fernanda Herig*

     O dia começa e a todo instante estamos decidindo alguma coisa. O que comer, o que vestir, onde e como ir e, de repente, o dia acaba e simplesmente o que fizemos foi ficar no piloto automático. As nossas crenças guiam nossas atitudes e muitas vezes  repetimos padrões ao invés de criar algo novo, o que seria muito mais saudável.
     E aí? O que fazer? Escolher!!! Mesmo diante da rotina podemos fazer escolhas. São elas que nos tiram da mera repetição. São elas que fazem a nossa história. Podemos olhar um fato como problema ou desafio, ficar na lamentação ou decidir ultrapassar; podemos acreditar que é difícil e estagnar ou criar um novo caminho ou solução.
     O que se percebe como um problema é mesmo um problema ou uma potência que ficou inibida? Como seria escolher ser mais saudável e feliz? Quando escolhemos algo estamos criando uma nova realidade. As escolhas criam porque trazem a sua presença na sua ação.
     O que pensamos, falamos, sentimos e fazemos, o que acreditamos, é o que cria a nossa realidade. E por que não torná-la mais colorida?  Como? Ousando. Indo além do que acreditamos que é o nosso limite.
     O que temos de potencial que não percebemos? O que há de criação no seu dia a dia? O que você fez de diferente esta semana?
     Ficamos presos a crenças que limitam a expansão. Crenças que definem que só agindo de determinada forma se obtém sucesso. São crenças limitadoras que impedem a criação de algo maior e melhor, dificultam a transformação e tiram o poder das pessoas (de qualquer idade) e as tornam inseguras. Com isso, o que é um potencial passa a ser visto como um problema.
     As crenças limitantes criam armadilhas que dificultam e impedem uma pessoa de usar suas habilidades, seus conhecimentos. Quando você diz, por exemplo, “eu não consigo”, você nega sua potência, você se fecha para poder conseguir. Você se limita e a vida confirma essa limitação. O que você tem de habilidades e potencial que não reconhece?
     A neurociência vem trazendo muitas informações sobre como os pensamentos influenciam na saúde. O que você acredita é o que é sua realidade. Atualmente várias técnicas permitem um olhar mais cuidadoso sobre isso. A Constelação Familiar permite a observação dos fatos de forma sistêmica e fenomenológica. Padrões que vêm sendo repetidos em uma família podem ser revistos e trabalhados liberando da repetição todos do sistema familiar.
     As Barras de Access permitem o descriar de crenças limitantes e pensamentos fixos expandindo com isso potenciais que ficaram escondidos. Como seria perceber que uma criança que não para quieta pode estar transbordando de necessidade de criar algo? Perceber que a inquietude de um adolescente pode ser um poder de criação que está inibido por uma crença limitante? Como seria perceber que é saudável e maravilhoso um idoso ter pessoas para bater papo?
     A cada instante podemos transformar algo, criar, descriar e recriar, mudar hábitos, trazer para a consciência os fatos, fazer escolhas e permitir que a vida favoreça as realizações. Como seria você oferecer para sua vida mais expansão?

*Maria Fernanda Herig é psicóloga, pedagoga, contadora de Histórias e especialista em Neurociência Pedagógica. Trabalha com Constelação Familiar e Sistêmica, Barras de Access e Processos Corporais Access.


Atendimento no Espaço de Criação:
Shopping Vilarejo / sala 232 – Estrada União e Indústria, 10.035 - Itaipava
(24)99919-5726 | (21)99658-7735 (whatsapp)
fernandaherig@gmail.com


Voltar Início


Estações de Itaipava © Todos os direitos reservados